quarta-feira, 25 de junho de 2008

sem costura

camisetinha recheada com salmão, petisco servido no lounge do senac

detalhes II




estampa trendy do cobertor para passar roupa

argila em plena expectativa

sandália da bia, aluna da pós-g em styling de moda do senac que veio de fortaleza e fez a oficina do xu

terça-feira, 24 de junho de 2008

ziguezagues presentes

miki watanabe, artista e stylist - que no segundo zz coordenou a oficina "baile de máscaras de veneza", agora participou da oficina da karlla e do jum

clarice borian, proprietária da brazoo - que participou de quatro oficinas nesta edição - sentada no banco chamado zig zag, autoria dos irmãos campana

deborah de paula souza, jornalista, poeta e estudante de psicanálise - que participou da mesa "procuro-me: aparência e sensação de si" no zz de junho/2007, agora na oficina "meu espaço", do ale perroca

equipe II












ale perroca, oficineiro, com o joão do educativo, que ajudou o pessoal a se jogar na argila

bruno super participante das conversas e oficinas, entre as meninas do educativo

paula, luciana e thais atentas à oficina da erika

douglas e alex tecendo os fios dos bastidores







equipe I




ana e greg recebendo os inscritos

luciana e marcao organizando arquivos

thais registrando tudo

junho 2008


o zz terminou faz apenas dois dias. além de pensar nas experiências bacanas que esse nos trouxe, já estamos de olho na próxima edição. a novidade de expandir as oficinas para o parque, para o auditório do mam para o lounge do senac na bienal nos trouxe várias experiências novas e maior presença da equipe por perto, agilizando tudo. falando nela, o que seria do zz sem o zz prévio e presente desse pessoal?
segue, mais uma vez, meu super obrigada para todo mundo: marcos farinha, luciana e paula, thais graciotti, todo o pessoal do educativo do mam, douglas e alex da cabine do auditório e, claro, andres hernandez e a super ana - responsáveis pelo acontecimento zz no mam - e marta magri, wilson ramalho - apoiadores irrestritos do senac. deixo aqui no blog alguns registros do pessoal que trabalhou nessa ediçao

segunda-feira, 23 de junho de 2008

meu espaço

enquanto acontecia a oficina do XÚ no auditório do MAM, o arquiteto e fotógrafo, alexandre perroca comandava no ateliê a oficina Meu espaço com experimentações no corpo e no espaço instigando o deslocamento de limites na interação corpo-roupa.
os paticipantes se jogaram no barro para a partir do corpo criarem formas que ao se unirem com o tecido e/ou roupa criarem objetos-produtos.

os corpos de cada um reverberaram lindas produções.







mãos em tudo!





a lígia trabalhou na produção do primeiro zz e veio participar da oficina do XÚ nesta edição. ela fundiu todos os espaços com sua mãos verdes de vinil!

espaço-ocupação-fusão






Na oficina do XÚ, Espaço–ocupação–fusão , o desenho é ponto de partida e o vinil adesivo o suporte para a ocupação do espaço.

No final eles juntaram todas as mesas formando um grande painel. alguns ainda levaram para casa seus trabalhos.

dia 4 - - - zz




o último dia do zz começou com os desfiles incríveis. a mediação ficou por conta da jornalista astrid façanha e na mesa estavam as pesquisadoras nízia villaça e suzana avelar.

foram apresentados os desfiles do jefferson kulig, inverno de 2004 e na sequência flashes de desfiles internacionais (diesel - liquid space-s/s 08, alexander mcqueen - s/s 99 e f/w 06, hussein chalayan s/s 07 e f/w 08).

a conversa ficou em torno do tema corpo-moda-tecnologia. a nízia trouxe relações da tecnologia como meio midiático na moda que toma como inspiração o uso nas artes plásticas, principalmente na performance e na instalação. a astrid acrescentou falando um pouquinho desse corpo que se supera e se esgota em tempos de tecnologias. a suzana trouxe lindas imagens da tecnologia na moda. falou do conceito de moda e tecnologia e suas relações com um corpo que antes de tudo deseja constantes modificações, e que desfrutam do uso dessa tecnologia não só no corpo como na roupa dos mais variados modos.

confira aqui imagens do jefferson kulig e os vídeos dos desfiles apresentados!








video


video

video


video

video

shiiii....

ipê com karlla

ficaram faltando as fotos do pessoal da oficina da karlla girotto no primeiro dia do zz terminando seus desenhos embaixo do ipê no parque. para ativar a sensibilidade...





domingo, 22 de junho de 2008

para inspirar, laura terminou sua fala com o vídeo let forever be dos chemical brothers, dirigido pelo incrível michel gondry.

video

tesouras garça para delicadezas, na erika.

outros vestidos II



para marcar o habitat, na oficina da laura

outros vestidos I



desconstruídos-reconstruídos, na oficina do jum

florescentes do grupo















a thais já postou ali abaixo algumas das produções do pessoal do vestido imáginario, que usou técnicas diversas, tipo colagem, pintura, adesivagem, recorte. aqui tem mais

florescentes da erika




muito bacana ouvir a erika falando sobre formas e verbos que acompanham seu trabalho. uma delas, os vestidos. um deles, florescer

o imaginário verzutti



não sei se era o clima de piquenique que rolava paralelo, mas os materiais da oficina vestido imaginário, lindamente trabalhada pela erika verzutti me davam vontade de comer

bibliografia



a laura começou sua oficina no lounge do senac, dentro da bienal. as referências que ela mostrou foram as mesmas da conversa da sexta feira. muita gente perguntou sobre os autores e livros que ela pesquisa ela deixou tudinho relacionado pra gente. aí vai:

Arquitectura
Gottfried Semper, Los cuatro elementos de la construcción, 1851
Adolf Loos, Arquitectura. Ensayos, 1910
Gottfried Kubler, La configuración del tiempo, 1988
Georges Teyssot , Hábitos/Habitus/Hábitat, 1996
Joaquín Arnau Amo, Nuevos modos de habitar, 1997”
Walter Benjamin

Danza Teatro
Gastón Bachelard
Grotowsky
Pina Baush

Estudios sociales y culturales
Bordieu, Deleuze, Foucault, Durkeim, Mafesolí

ziguezague radical


isso também é ziguezague... quem frequenta o spfw pensando no futuro, teve um momento e tanto: um autêntico jedi circulou pela bienal. o cara fez um sucesso.... todo mundo queria tirar foto ao lado dele. cheio de poses, invadiu o lounge da gnt, sentou na poltrona, se rendeu aos flashs, mas logo foi retirado pelo segurança para voltar ao espaço.